Recarga em Cartuchos com Impressão a Quente

A tinta  é expelida por cada orifício de impressão por meio de aquecimento de uma resistência que pode ou não estar em contato com a tinta – a tinta “ferve” criando uma bolha de vapor que expele a tinta fora do cartucho e imprime o papel. Esta operação demora cerca de milissegundos, entre aquecimento, expulsão da tinta e resfriamento da resistência e posterior preenchimento da câmera com tinta.

O maior defeito que pode ocorrer com cartuchos deste tipo são queimas individuais dos circuitos, causando as “linhas brancas” nos impressos, nada que danifique a impressora.

O que sempre ajuda é a ligação da impressora em um estabilizador, para diminuir os efeitos nocivos da variação de tenção elétrica – nociva tanto para os cartuchos originais quanto para os cartuchos remanufaturados ou compatíveis.

Vale lembrar que as impressoras prevêem grandes desperdícios de tinta – haja visto o enorme sistema de limpeza de algumas

Por exemplo, onde o processo de limpeza  faz com que o cartucho em um determinado ponto e literalmente jogue um jato de tinta de todos os pontos nesse reservatório, que pouco depois evapora-se, deixando apenas os resíduos de pigmento da tinta.

Também é importante dizer que um usuário domestico ou mesmo de empresas acaba imprimindo mais cópias por causa do baixo custo, e como as impressoras possuem uma vida útil por volume de cópias e também porque são projetadas para um certo volume por mês, essa vida acaba chegando mais “cedo”.

Compromisso AmbientalDiferencial 1001

Há mais de 10 anos, possuímos licenças ambientais (Smam/Fepam). O grupo 1001 detém desde 2001 um diferencial que é a certificação internacional de qualidade ISO 9001/2008 no escopo recarga...

Conheça Nosso Diferencial